Jornal Plural IpiaúConfira as edições impressa. Leia online ou baixe em PDF

José Américo em Ilhéus no Sarau do Poeta.

Foto de José Américo Castro.

 

 

NO SARAU DO POETA


-José Américo Castro-


E assim de ousado, porém convidado, subir ao palco do Teatro Municipal de Ilhéus e declamei três poesias no espetáculo “Sarau do Poeta”, do ator, apresentador e poeta Jackson Costa.

O ato, na noite da ultima sexta-feira, 10, foi assistido por uma plateia repleta de amigos, irmãos do coração. Pura generosidade de Jackson ao ter me colocado em cena.

“Tudo vale a pena se a alma não é pequena”, disse o ator evocando Fernando Pessoa naquele diálogo entre música e poesia, onde o seu talento cênico foi ampliado pela musicalidade de Joaquim Carvalho, no violão e voz; Eddie Santana (Dinho), no violão e violino; e Sidney Argolo, na percussão.

Eles trouxeram a essência da alma lírica nordestina, com a Bahia e a nação grapiuna, em Gregório de Mattos, Dorival Caymmi, Jorge Amado, Castro Alves, Ramon Vane, José Delmo, Sosígenes Costa e outros senhores dos versos e prosas.

Também subiram no palco os melodiosos Jan Costa e Marcelo Ganem. Deram conta do recado, arrancaram aplausos, temperaram a realeza do espetáculo que o Brasil inteiro precisa assistir.

Sublime, simplesmente sublime, Jackson Costa com sua trupe neste sarau de grandeza e generosidade.

As fotos foram clicadas por Gilson Santos.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *